Vicentinos

VICENTINOSVICENTINOS

A Sociedade São Vicente de Paulo (SSVP) conhecida como Vicentinos, é um movimento católico e internacional, fundado em Paris em 1833.

Esta sociedade se inspira no pensamento deste Santo que prega a justiça e a caridade. É aberta a quem deseja viver a experiência da fé, no amor e no serviço a seus irmãos.

A SSVP ajuda a comunidade de várias formas que é por contato pessoal, no sentido de aliviar o sofrimento e promover a dignidade e a integridade do homem. A sociedade não se limita a aliviar a miséria, mas também descobrir e remediar as situações que a geram. A ajuda chega a quem necessita, independentemente de raça, cor, nacionalidade, credo político ou religioso e posição social.

Os membros da SSVP, Confrades e Consócias (Vicentinos), são unidos entre si pelo espírito de pobreza e de partilha. Formam, no mundo inteiro, com aqueles a quem presta auxílio, uma só família, buscando contato com todos os demais movimentos e organizações inspiradas em São Vicente de Paulo: é a FAMÍLIA VICENTINA. Os vicentinos procuram, pela oração, pela meditação da Sagrada Escritura e pela fidelidade aos ensinamentos da Igreja, ser testemunhas do amor a Cristo, em suas relações com os mais desprovidos, bem como, nos diversos aspectos da vida.

Atualmente a SSVP está presente em 135 países, com um número aproximado de 250 mil membros. O Brasil é o maior país vicentino do mundo: são 20 mil Conferências, 1754 Conselhos Particulares, 272 Conselhos Centrais, 30 Conselhos Metropolitanos e 2 mil Obras Unidas, coordenadas pelo Conselho Nacional do Brasil. São 250 mil membros. A Conferência São José, no Rio de Janeiro foi a primeira no Brasil, fundada no ano de 1872.